Em torno de Ivoneide Caetano, oposição mostra unidade na festa do padroeiro de Camaçari

Foto Ivoneide Caetano

A sexta-feira (07/01) foi de feriado em Camaçari, quarta maior cidade da Bahia e berço político do atual governador Rui Costa e do senador Jaques Wagner, que tiveram atuações de destaque à frente do Sindicato dos Químicos e Petroleiros.

É que na ocasião foi comemorado o dia do padroeiro da cidade, São Thomaz de Cantuária, cuja programação iniciou nas primeiras horas da manhã e foi encerrada com uma missa campal em frente a catedral que homenageia o padroeiro. O 7 de janeiro é considerado o primeiro grande termômetro político do ano na cidade. E este ano não foi diferente, mesmo sem a realização da procissão popular anterior à missa.

Segunda colocada na última eleição à Prefeitura de Camaçari, Ivoneide Caetano, atual superintendente da Assembleia Legislativa da Bahia, mostrou desenvoltura e comandou o bloco da oposição. Dona de uma votação de quase 53 mil votos na última eleição municipal, ela foi acompanhada pelo seu marido e secretário de Relações Institucionais do Governo da Bahia, Luiz Caetano, e dos deputados estaduais Bira Corôa, Osni e Marcelino Galo.

Os vereadores Tagner Cerqueira, Dentinho do Sindicato e Vavau também compareceram, além de centenas de militantes do PT, que formaram um tapete vermelho, coincidentemente a mesma cor utilizada pelos devotos de São Thomaz.

Ivoneide ressaltou a importância da data para a comunidade católica e pediu proteção para o povo que vive em Camaçari, que “vive um momento delicado em função do desemprego, da falta de políticas sociais e da péssima administração municipal do prefeito Elinaldo, do DEM, e eleitor de Bolsonaro na eleição presidencial de 2018”.

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM